Eu Li!

Na semana passada o colega Otto redigiu a devoção familiar sob o título Ninguém vai ler mesmo e, no final, colocou: Atenção: Se você leu esta devoção, responda este e-mail dizendo “Li”. Sabe o que aconteceu?

Retornaram mais de 70 e-mails dizendo “Eu li!” e uns dez garantiram que, além de ler, repassam as reflexões para o seu grupo de amigos. Quer dizer que não dá para escrever por mera obrigação, nem cair na tentação de escrever só para encher linguiça. Esse canal de comunicação é poderoso e alcança leitores que arranjam uma frestinha em suas agendas para as devoções que são disponibilizadas.

Deus inspirou os escritores sagrados a escreverem a Bíblia para ser lida e estudada. Ela é a revelação da vontade amorosa de Deus, de tal forma que Jesus em sua vida, morte e ressurreição demonstrou que seu ministério era nada menos que o cumprimento das Escrituras, como garantiu aos fariseus: “Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são elas mesmas que dão testemunho a meu favor” (Jo 3.39).  Por isso o apóstolo Paulo estimulou seu aluno Timóteo a continuar estudado as sagradas letras, podem nos tornar sábios para a salvação em Cristo Jesus (2 Tm 3.15).

Hoje temos uma infinidade de escritos a nossa disposição e precisamos fazer escolhas bem criteriosas de leitura para aproveitar o tempo que nos parece cada vez mais curto dada a rapidez das comunicações. O tempo gasto para a leitura e meditação regular das Escrituras é excelente investimento para a vida de fé. O Salmista chama a atenção para este aspecto e confirma que a felicidade da pessoa está em ter prazer na lei do Senhor e “nela medita de dia e de noite” (Salmo 1.2).

As devoções familiares (que vêm desde 1995) não pretendem oferecer textos bíblicos prontos, mas instigar os leitores a refletir sobre o tema. Às vezes se pretende colocar um tema que circula na mídia para dentro do texto bíblico.  Outras vezes o caminho é inverso: o texto bíblico é aberto para o assunto do momento.

Continue lendo e, se o texto for aprovado pela avaliação pessoal, espraie a reflexão aos amigos.

Edgar Lemke

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe um comentário