Como Ler a Bíblia

14 de julho de 2017 by mauro-heine

Numa discussão de Jesus com os líderes religiosos de seu tempo, o Mestre afirmou: “Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são elas mesmas que dão testemunho a meu favor” (João 5.39). Então Jesus arrematou: “Mas vocês não querem vir para mim a fim de ter vida” (v.40).
Lutero estava desesperado a procura de paz com Deus e vida verdadeira. Por isso se atirou com unhas e dentes nas páginas da Bíblia a fim de encontrar resposta para as suas indagações existenciais. Essa tarefa não foi em vão. Ele obteve consolo da Escritura e a reta compreensão da mesma a ponto de escrever: “A Escritura só pode ser compreendida à luz do Evangelho. O artigo da justificação do pecador pela graça de Cristo é central para a compreensão da Escritura. Somente o Espírito Santo ensina o caminho certo ao tesouro infalível e reto do conhecimento de Cristo e tão somente ele abre a porta para a inteira compreensão da Bíblia”.

A Bíblia foi reconhecida como a fonte de vida e fé cristãs, sendo o Sola Scriptura (Somente a Escritura) um dos pilares da Reforma. Lutero a traduziu para a língua do povo, que passou a ser intérprete do texto não mais dependente dos sacerdotes. A necessidade e a vontade de difundir os seus ensinamentos entre os povos do mundo, ao longo dos tempos, resultou em grande número de traduções para os mais variados idiomas.

Jesus nos desafia a estudar as Escrituras porque elas dão testemunho dele, sendo a fonte de vida e fé. Lutero, um estudioso da Bíblia, nos deu essas dicas:

  1. Ajoelhe-se em seu quarto e ore a Deus com verdadeira humildade, pedindo que, por meio de seu Filho amado, lhe dê o Espírito Santo, para que o ilumine.
  2. Não apenas em seu coração, mas também de forma exterior e oralmente. Você deve repetir as palavras que estão escritas no livro, comparando, lendo, relendo e refletindo sobre o que o Espírito Santo está dizendo.
  3. É fundamental viver essas palavras na experiência, na tentação, pois “ela ensina não apenas saber e entender, mas também a experimentar quão correta, verdadeira, doce, amável, poderosa e consoladora é a palavra de Deus”.

Um jeito interessante de ler a Bíblia. Mãos à obra!

Edgar Lemke

Comments are closed.