Como resultado do primeiro Pentecostes os cristãos "continuavam firmes, seguindo os ensinamentos dos apóstolos, vivendo em amor cristão, partindo o pão juntos e fazendo orações" (At 2.42). Que tal seguirmos seu exemplo?

Cultos

Sábados às 18:30h e Domingos às 10h

Comunidade Da CRUZ – 85 anos

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

 Nesse domingo (09/12) vamos festejar os 85 anos da Comunidade Da CRUZ.  Como a maioria dos congregados da Cruz não é mais originária da própria congregação, mas ingressou nela por transferência e profissão de fé, é importante recordar os caminhos de Deus para a origem e crescimento de nossa congregação. Particularmente, fiquei impressionado com a maneira de Deus atender a um pedido anônimo para a sua formação.  É muito importante que as gerações mais jovens conheçam um pouco da sua história e valorizem as pessoas que foram instrumentos de Deus para o Evangelho chegar até nós.

No dia 19 de março de 1967 aconteceu a dedicação de nosso templo num culto festivo e no folheto dessa celebração consta uma história bem bonita.

 “O primeiro culto em Petrópolis foi realizado a 10 de dezembro de 1933, pelo reverendo Dr. Walter Kunstmann.  A causa determinante do início deste trabalho, foi o pedido de uma senhora, que, após o Culto de Finados, realizado no cemitério Luterano de Porto Alegre, solicitou que se realizassem cultos na casa de luteranos no Bairro Petrópolis.  Como o Dr. Walter Kunstmann, acompanhado do professor Otto Mager, não encontrasse o endereço indicado, solicitaram a ajuda da sra. Elfriede Klink e de outras pessoas já filiadas à Igreja Cristo, do 4o. distrito. Mas não foi possível localizar a solicitante. Começou-se então a dar cultos mensalmente num salão à avenida Montenegro, 242, no Salão Zang.  Em seguida foi alugada uma casa na avenida Bagé, onde em março de 1934 começou a funcionar uma filial do Colégio Concórdia, chamada Escola Concórdia, a qual encerrou suas atividades em 1939. Da avenida Bagé, a Capela e a Escola se mudaram para a avenida Protásio Alves, 765, onde ficaram até dezembro de 1936.  Em 1936 foi construída a Capela de madeira na rua Caju, 105, que por ocasião da mudança para a avenida João Obino (então Guaracy), 110, foi cordata em quatro partes e levada de caminhão ao local onde hoje é sua sede. A Comunidade inicialmente era uma filial da Comunidade Evangélica Luterana Cristo, tornando-se independente em 1950, sendo pastor o reverendo Martim Carlos Warth, recebendo o nome de Comunidade Evangélica Luterana da Cruz”.

Como forma de gratidão a Deus pelos 85 anos dessa Comunidade, que nos alimenta com a Palavra,  nos estende o perdão adquirido por Jesus e reforça nossa esperança de vida plena, nos colocamos como seus instrumentos para que as gerações futuras sejam guiadas pela Palavra da Vida que os nossos antepassados nos legaram.

  Edgar Lemke