Os Nossos Dias

Na virada de ano as pessoas costumam fazer uma retrospectiva dos principais acontecimentos e projetar as realizações de seus planos para o ano que se inicia. Na retrospectiva, os fatos marcantes, bons ou maus, vem logo à memória e nos fazem ser gratos a Deus por fazerem parte da nossa história. Nas projeções que fazemos para as incertezas do novo ano, precisamos exercitar a confiança na proteção divina.

A passagem de ano costuma trazer certa nostalgia. Mais uma etapa da vida se vai e, na medida em que a gente envelhece, essas etapas passam mais rapidamente. Este é o contexto do Salmos 90, uma oração que pede sabedoria do alto para aproveitar bem o tempo que Deus nos dá. Sugiro que seja a nossa oração na virada do ano. E que Deus nos ensine a encarar com sabedoria e confiança os 365 dias de 2022.

Senhor, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração.
Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus.
Tu reduzes o homem ao pó e dizes: Tornai, filhos dos homens.
Pois mil anos, aos teus olhos, são como o dia de ontem que se foi e como a vigília da noite.
Tu os arrastas na torrente, são como um sono, como a relva que floresce de madrugada; de madrugada, viceja e floresce; à tarde, murcha e seca.
Pois somos consumidos pela tua ira e pelo teu furor, conturbados.
Diante de ti puseste as nossas iniquidades e, sob a luz do teu rosto, os nossos pecados ocultos.
Pois todos os nossos dias se passam na tua ira; acabam-se os nossos anos como um breve pensamento.
Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos.
Quem conhece o poder da tua ira? E a tua cólera, segundo o temor que te é devido?
Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio
(Salmo 90.1-12).

Desejo-lhe um Feliz e Abençoado 2022.

Edgar Lemke