Dois Comprimidos

doiscomprimidosSe você pudesse escolher entre um comprimido que lhe tornasse fluente em todas as línguas ou outro que lhe tornasse mestre em qualquer instrumento musical, qual deles você escolheria?

Certa vez, me deparei na livraria com um método de língua estrangeira cujo título era “Alemão sem esforço!” Quase morri de rir, porque me lembrei daquela frase “A vida é muito curta para aprender Alemão”. Algumas pessoas têm facilidade em aprender línguas, mas creio ser esta uma das coisas mais difíceis, assim como aprender um instrumento musical.

Pentecostes foi um grande marco para a linguística. Foi o dia em que os discípulos, pelo poder do Espírito Santo, se tornaram fluentes em todas as línguas. A mensagem do Cristo vitorioso começou a se espalhar pelo mundo assim como o povo havia sido espalhado lá em Babel. Lá em Babel, o pecado fez o povo se afastar do seu Criador e também uns dos outros. No Pentecostes, a igreja vai em busca desse povo todo para reuni-los em um só aprisco.

No Pentecostes, Jesus derrama sobre sua igreja o seu Santo Espírito. O Espírito, por sua vez, nos ajuda a traduzir a palavra de Deus. Hoje são mais de 2.500 traduções da bíblia em um mundo com cerca de sete mil línguas. (Sociedade Bíblicas Unidas)

Existem muitas outras formas de continuar o que foi iniciado no dia de Pentecostes. A palavra que não volta vazia se propaga de diversas maneiras, uma delas é pela música. Claro que muitas heresias também se propagam dessa forma, por isso nós precisamos ouvir o conselho de João e provar os ensinos para ver se realmente procedem de Deus (1 Jo 4.1).

E aí? Já decidiu qual comprimido tomar: o das línguas ou da música? Na dúvida, não se esqueça de que ainda existe o comprimido da comunicação não-verbal, ou melhor, as boas ações que o Espírito faz fluir de nós. Nossas ações também são traduções da bíblia para o mundo.

Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu. (Mt 5.16)

Otto Neitzel