Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor. Salmo 122.1

Sempre é momento de conversarmos sobre a vida em comunhão. Sobre o nosso viver em congregação. Até porque, Deus nos deixa uma recomendação extremamente atual e necessária, na verdade um chamamento aos cristãos de todos os tempos: “Não deixem de se congregar como é costume de alguns” – Hebreus 10.25. Falar deste tema é tão importante quanto falar a respeito da família, aquela nossa, de casa. Porque a congregação é a grande família da fé.

Como na nossa família, Deus com sua Palavra é o fundamento e base da Congregação. Na família da fé aprendemos como Deus quer que vivamos em família, lá em casa. Quanto maior for a comunhão com o Pai Celeste, maior e melhor será a vida em comunhão na congregação. E terá reflexos claros em nosso viver em família, em casa. Tanto na família quanto na congregação a receita é a mesma: comunhão com Deus e com os irmãos, estudo da sua palavra e participação na Santa Ceia.

Assim como na família de casa, cada um tem seu lugar, na Igreja, a família da fé, também. Cada um tem seu lugar. Então, não faça falta. Faça-se presente e ocupe o seu lugar, tanto na congregação quanto na família, e seja um espelho da sua comunhão com Deus.

Obs.: Verifique em seu calendário o tema do Mês e reflita sobre a sua relação com esta devoção e a sua vida. Amém.

Abençoada Semana.

Pr José Daniel Steimetz