Pentecostes

pentecostes 2Imagina falar da festa de Pentecostes na semana de abertura da Copa do Mundo FIFA! Sem a Copa do Mundo a festa da Descida do Espírito Santo já é vista como a festa esquecida, até mesmo no ambiente da Igreja Cristã. Como arranjar espaço e motivação para refletir sobre sua importância?  Mesmo assim, aí vai uma tentativa.

Pentecostes é um acontecimento da intervenção de Deus no nosso mundo.  Nunca alguém havia visto coisa semelhante antes, pois rompeu um poder como no dia da Criação. O Espírito Santo, a terceira Pessoa da Trindade, emprega toda sua energia para a expansão da Igreja de Jesus Cristo aqui na terra e, como resultado direto dessa ação graciosa, três mil pessoas que foram batizadas.

No dia de Pentecostes os discípulos, de fato, compreenderam o que Jesus havia dito quando ainda estavam com eles: “Quando o Espírito da verdade vier, ele ensinará toda a verdade a vocês” (Jo 16.13). Agora fazia sentido a conversa de Jesus sobre a vinda do Consolador.

Num estudo da carta aos Romanos, o teólogo Franzmann diz que precisamos lembrar-nos do poder criativo do Espírito Santo, pois Ele é ativo na criação do mundo, na vida e obra salvadora de Jesus e no testemunho dos apóstolos. Esse Teólogo conclui: “Em toda parte onde as possibilidades do homem se esgotam e iniciam as possibilidades criadoras livres e soberanas de Deus, encontramos a presença e a operação do Espírito Santo”.

Ainda hoje se deve levar muito a sério o que os cristãos testemunharam nas ruas de Jerusalém naquele dia diante de turistas de quinze nacionalidades, pois a profecia está em andamento até chegar o fim dos tempos. Sem a ação do Espírito Santo continuaríamos inimigos de Deus, cegos e mortos espiritualmente (1 Coríntios 2.14).  Mas pela ação do Espírito Santo podemos confessar que Jesus é nosso Senhor.  Onde a Palavra de Deus é anunciada existe a promessa da presença do Espírito Santo para nos chamar, iluminar e capacitar  com os seus dons a fim de crermos no Salvador Jesus e vivermos em novidade de vida, praticando as obras do Espírito que, segundo a carta aos Gálatas são:  amor, alegria, paz, paciência, delicadeza, bondade, fidelidade, humildade, domínio próprio (Gl 5.22).

A Mídia tem espaço que chega para dar notícias sobre a Copa do Mundo e motivar os brasileiros a torcer mais para que nosso País não faça feio aos visitantes do que pelas vitórias da Seleção. Nós queremos festejar com alegria a Festa de Pentecostes porque a promessa da vinda do Consolador se cumpre sempre que o Evangelho é anunciado nesse tempo de oportunidade para a salvação através de Cristo.   Feliz Pentecostes!

Edgar Lemke