Controle de Qualidade

De cinco em cinco anos, a Escola Panamericana passa por um processo de acreditação para manter o seu status de escola internacional. Ela é avaliada por uma empresa especializada em normas técnicas do setor educacional que envia quatro funcionários por um período de quatro dias para que possam verificar de perto as evidências e práticas de uma escola de qualidade. Por fim, a escola ganha uma nota que varia de 1 a 4, sendo 4 a nota para uma escola exemplar.

Estes quatro dias já estão marcados para outubro de 2014. Mesmo assim, a escola já vem se preparando e até implantou um plano de ação para tentar alcançar a nota máxima. Muitos discutem sobre a subjetividade de um processo como esse. Afinal de contas, o controle de qualidade de uma instituição como uma escola é muito diferente e difícil se comparado com o controle de qualidade de um aparelho de celular ou de um litro de leite integral.

Como é o controle de qualidade de uma igreja? Existe um? O que daria nota máxima a uma igreja e o que a reprovaria? Será que a minha escolha de igreja se baseia no fato de ela ser “de qualidade” ou será que tem mais a ver com a proximidade da minha casa, tradição, músicas, nível social, pastor, amizades, outros?

A pura doutrina bíblica que podemos ler no Livro de Concórdia pode servir para nós como uma espécie de “Inmetro” quando confrontados com as perguntas acima. Não temos como dar uma nota de 1 a 4 para uma igreja, mas temos como saber se aquele grupo de pessoas reunido é ou não igreja com base no que diz o Artigo VII da Confissão de Augsburgo quando fala sobre os sinais da igreja: Ensina-se também que sempre haverá e permanecerá uma única santa igreja cristã, que é a congregação de todos os crentes, entre os quais o evangelho é pregado puramente e os santos sacramentos são administrados de acordo com o evangelho.

Com isto em mente, todos os cristãos do mundo tem a autoridade e devem controlar a qualidade de suas igrejas. Afinal de contas, o diabo está sempre aí tentando adicionar formol e ureia a esta receita!

Otto Neitzel

Share and Enjoy !

0Shares
0 0