Espiritualidade Bonita

Por esta causa me ponho de Joelhos Ef 3.14

Recebi outro dia um convite para uma fazer um devocional. O convite expressava o desejo de que eu fizesse uma “Espiritualidade Bonita”. Mesmo entendendo bem o desejo dos anfitriães, fiquei intrigado e pensando: Espiritualidade Bonita: Existe isso?

Sim, concluí eu. Espiritualidade é algo inerente ao ser humano. Mas… Será bonita? Existe em qual ser humano? No crente e no descrente? No comprometido e no descomprometido? Naquele que vive sua espiritualidade e naquele que não a vive? Sim, “espiritualidade bonita” existe, mas vem de um coração crente, comprometido com o viver uma espiritualidade bem fundamentada.

Mas será que é isto que temos por ai? Não! Há muita espiritualidade “a La Carte”. Cada um escolhe a sua. Parece bonita.  Mas é antropocêntrica, ou seja, firmada na pessoa que a vive. Portanto, tão finita quanto ela própria; Também há muita “espiritualidade sincretista”.  Acolhe um pouco de tudo, “ajoelha-se” diante de qualquer coisa. O apóstolo Paulo recomenda ajoelhar-se somente diante de Cristo. E há ainda, muita “espiritualidade anti-escriturística”. Nela a Palavra de Deus não é autoridade. Apenas os sentimentos e/ou outras influências é que valem. A Bíblia já não diz muito. Logo, essa e as demais são vazias. Não vêm acompanhadas das promessas de Deus.

Em Marcos, Cristo é o fundamento da espiritualidade cristã. Seu evangelho narra 18 dos possíveis sinais de Jesus como Filho de Deus. Em muitos momentos isto causou assombro aos discípulos, como quando Jesus andou sobre as águas(Marcos 6.45-51). Mas ao mesmo tempo, eles receberam de Jesus, o verdadeiro Deus, as consoladoras palavras: “Coragem, sou eu. Não tenham medo”. Assim, com palavras e ações, Jesus se coloca como alicerce para a fé de todos nós. Este é o propósito de Marcos, fundamentar nossa espiritualidade em Cristo. Portanto, verdadeira espiritualidade bonita só aquela que é Cristocêntrica.

Sim, espiritualidade bonita é aquela centrada em Cristo. Isto porque ela traz ação de Jesus por nós, para nós e em nós. Pois, “não há outro nome dado entre os homens pelo qual importa que sejamos salvos” At. 4.12. Só Ele é a base para uma espiritualidade bonita, que traz consolo e nova vida.

Em Cristo essa espiritualidade nos ajuda a olhar para trás e verificar os erros. Não visando criticas, mas arrependimento = mudança de mente; Nos ajuda a olhar o presente, sendo gratos pelas bênçãos de Deus. Seu amor dura para sempre(Sl 136); E nos ajuda a olhar para o futuro vislumbrando nova vida aqui e na eternidade.

Espiritualidade cristocêntrica é bonita porque também reflete Cristo em nossas ações de amor, perdão, fé, ética e comprometimento. Queres ter uma Espiritualidade bonita? Creia em Jesus. Diante dele dobre seus joelhos.  É da Cruz de Jesus que surge uma, espiritualidade realmente bonita, criada e guiada pelo Espírito Santo. É pautada pelo Amor, perdão e nova vida.

Infelizmente muitos abandonam Cristo e passam rapidamente para outras “espiritualidades”. Paulo já alerta os Gálatas quanto a isto(Gl 1.8).  Nós queremos permanecer na espiritualidade fundamentada em Cristo. Só ela é realmente bonita. Ela nos revela a aliança amorosa de Deus em Cristo Jesus. Só ela nos traz Cristo ao coração. Só ela nos leva ao céu. Ap. 22. Amém.

Pr José Daniel Steimetz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe um comentário