De Cima

Um professor universitário, antes de cada preleção, sempre mencionava seu jardim, no qual passeava e meditava na preparação de seus ensinamentos. Muitos alunos ficaram convencidos de que o professor dispunha de um jardim maravilhoso, dado o fato de expor tão lindos ensinamentos. Certo dia um aluno foi visitá-lo e teve uma decepção ao descobrir que se tratava de um jardim acanhado, minúsculo. Manifestou sua decepção ao mestre, ao que o professor respondeu: “Oh não! Ele é muito alto, ele alcança os céus”. Estava aí o segredo de seus belos ensinamentos. Ele olhava para cima. Antes de cada nova tarefa invocava a ajuda de Deus.

Se nós não olharmos mais para cima, tenhamos a certeza de que Deus olha para baixo. O seu amor não lhe permite desviar o seu olhar sobre nós, assim como foi o amor de seu filho, Jesus Cristo, que se entregou à cruz para nos salvar.

“O Deus Eterno olha do céu e vê toda a humanidade. Do seu lugar onde mora, ele observa todos os que vivem na terra” (Sl 33.12,13). Se olharmos para cima pedindo ajuda, ele com certeza nos atenderá. “Eu sou o Senhor, o Deus de vocês; eu os seguro pela mão e lhes digo: Não fiquem com medo, pois eu os ajudo” (Is 41.13). Que ajuda é essa “?Eu lhe ensinarei  o caminho por onde você deve ir; vou guiá-lo e orientá-lo” ( Sl 32.8). Em outro Salmo o autor confessa: “Procuro seguir sempre as tuas ordens porque és tu que me ensinas” (Sl 119.102).

O professor buscava de cima inspiração para suas aulas, pois sabia que “a bênção do Senhor Deus traz prosperidade, e nenhum esforço pode substituí-la”(Pv 10.22). Talvez inspirado pelas palavras deste salmista, o poeta sacro escreveu: Do poder de Deus depende, tudo o que o homem empreende e não de outro bem qualquer. Quem puser sua esperança  no Senhor de certo alcança, tudo quanto lhe couber. (HL 478,1)

“Feliz aquele que recebe ajuda do Deus de Jacó, aquele que põe a sua esperança no Eterno, o seu Deus…” ( Sl 146.5)

Guido Rubem Goerl
Pastor emérito da IELB

Deixe um comentário