Educação Cristã

“Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.” Hebreus 10.25.

Educação Cristã é nosso destaque do mês na comunidade. Este destaque pode gerar distorções de entendimento. Pode-se pensar que apenas neste mês estamos tratando de Educação Cristã, logo, nos demais, é possível ausentar-se do ambiente de culto e congregação. Não o é.

A questão da educação cristã é diferente da educação formal, de escola. Ela não é estanque a fases da vida e a determinados ambientes e circunstâncias. Ela perpassa toda a vida do cristão. Vai do nascimento aos últimos momentos de vida. E se estende a família no momento da morte. Na morte, a educação cristã se faz consolo ao nos direcionar para Cristo, vencedor sobre a morte e, portanto, nosso Salvador.

Ela também se diferencia da educação formal porque não pode ser transferida para outra instituição. Como família, mandamos nossos filhos para a escola e lá eles aprendem, orientados pelos professores a respeito da matemática, ciências, etc. O  que vem antes deste tempo é função da família. E tudo o mais quanto a valores e princípios de fé também vem da família.

Onde a família busca subsídios para uma sólida educação para a fé e valores sadios de conduta? Na educação cristã, alicerçada na Palavra de Deus, apreendida na Igreja e vivenciada em casa. Da saudável vivencia da fé em família, decorre amor, respeito, solidariedade e comprometimento com as questões de fé e igreja no coração e mente dos nossos filhos. Seu participar da escola dominical, confirmação, estudos bíblicos, ofertas, participação regular das programações, etc.

Ter uma boa educação cristã é importante ainda, porque ela projeta nossas perspectivas transpondo os limites, dificuldades e desesperanças de nossos dias. E nos abre o coração e mente para nos vermos amados e amparados por Deus. Um Deus que se preocupa conosco e nos ensina qual o seu propósito para nossa vida. E mais, diante de nossos fracassos nos resgata por meio de Jesus Cristo. Assim, sob seus cuidados, ele nos mantém em comunidade a fim de praticarmos uma sólida educação cristã.

Portanto, compreendamos bem o sentido que nossa congregação está dando ao tema da Educação cristã. Ela não se restringe a este período. E tenhamos uma ativa vida de comunidade. Aproveitando todos os momentos para edificação e melhora da nossa educação cristã e seus alicerces. E deixemos este legado para nossos filhos.

Abençoada semana.

Pr. José Daniel Steimetz

Deixe um comentário