Contando os Dias

Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos corações sábios. Salmo 90.12

Até poucos dias contavam-se os dias para o início da Copa do Mundo. Quando ela iniciou, contaram-se os dias para que viessem os jogos e os primeiros desclassificados. E muitos já voltaram para casa. Agora se contam os dias para que se conheça o grande campeão. Mas será que o campeão será o real campeão? Diante dos erros de arbitragem, será campeão aquele que de fato e de direito o deveria ser? É possível que não. Haja sabedoria para bem arbitrar uma partida de futebol. Quando esta falta os prejuízos são grandes. Talvez a perda da conquista maior.

O salmo 90, atribuído a Moisés também fala de contagem e sabedoria. Ele relaciona estas coisas com a vida, algo mais importante que uma Copa, que é apenas um aspecto da vida que nos vivemos. Nessa relação, contagem, sabedoria e vida, ele nos envolve e convida a contarmos os nossos dias para que alcancemos corações sábios.  Nestas palavras e no contexto do salmo 90 estão implícitas coisas, tais como, a grandiosidade e brevidade da vida; A eternidade, poder e grandeza de Deus que vai de geração em geração.  Coisas que nossa geração tem se esforçado em negar, esquecer, deixar de perceber, evidenciando assim, uma grande falta de sabedoria. Talvez esteja ai a causa de tantos erros, não apenas de arbitragem, mas também tantos outros erros cometidos nos mais diversos aspectos de nossa vida.

Por isso noutro texto bíblico a sabedoria é colocada como dádiva do Senhor, quando afirma que o “temor ao Senhor é o principio da sabedoria”.  Ou seja, se desejamos sabedoria para bem viver a vida que Deus nos dá, quer seja ela longa ou breve como a planta que de manhã viceja e à tarde murcha e seca, que ela seja vivida com sabedoria provinda de Deus. E esta é encontrada em sua Palavra, a Bíblia.

Muitas vezes ela funciona como aquele telão que não pode ser usado nos jogos por mostrar os erros flagrantes dos árbitros. Mas como a bíblia está a nossa disposição, nós a podemos buscá-la para revermos a nossa vida. Talvez corrigindo alguma decisão, pedindo perdão por faltas cometidas, ou recebendo do Árbitro da Vida, Deus, que nunca erra, o perdão imerecido. Tamanha sua sabedoria, que se compadece da nossa imperfeição.

Como na Copa, muita sabedoria é necessária na vida para não cometermos erros que nos levem a perder este troféu maior: a vida eterna dada a nós por Jesus Cristo. Que o senhor nos ajude a contar nossos dias a fim de alcançarmos corações sábios e herdarmos a coroa da vida eterna e vencermos assim a copa da vida.

José Daniel Steimetz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe um comentário