Conjugação de Datas

1 de novembro de 2019 by jose-daniel

A cada ano, vivemos uma junção de datas: Halloween, Reforma e Finados. E ficamos tentados a celebrar todas apesar das contradições. Trago alguns pontos sobre as mesmas que faríamos bem sabermos antes de aderir ou rejeitar uma ou outra.

Hallooween é uma Festa de origem Celta (Gália, Irlanda, Inglaterra). Marcava a mudança de estação e neste dia, 31/10, os espíritos voltavam a terra para se encarnar nos vivos e praticar-lhes maldades. Suas marcas comuns hoje são:

  1. bruxas, esqueletos, figuras horrendas, diabólicas, no que chamo de “culto” à morte e ao mal;
  2. os filmes produzidos trazem atrocidades maléficas;
  3. marcam as crianças: a frase “doçura ou travessura” = conduta ética questionável considerando-se a chantagem implícita;
  4. as pessoas são levadas a temer ou ignorar mais ao diabo/mal/bruxas, do que confiar em Deus;
  5. Busca-se proteção por atos de magia, feitiços, amuletos, e não em Deus. Logo é “festa” marcada por conceitos anti-bíblicos.

Reforma: Movimento liderado por Martinho Lutero, na Alemanha, em 31/10/1517. Dá origem ao Luteranismo mundial, à Igreja Evangélica Luterana do Brasil (24/06/1904), à CEL da Cruz (10/12/1933), à CEL da Paz (anos 70 ou 23/02/1985), a AELCA (10/11/1968). Os princípios da Reforma são:

  1. Conhecimento de Deus à luz da Escritura/Bíblia;
  2. Relacionamento com o Deus amoroso através de Jesus Cristo;
  3. Por meio de Quem recebemos a graça de Deus, através da fé.

Portanto é da Bíblia que saem os princípios confessionais que marcam nossas celebrações e nos ajudam a fazer opções sadias quanto a quais festas acompanhar (Lv 19.31; Ex.20.3-5; Dt 18.9-14; Is 8.19; Jo 16.1,6; Jo 11.25; Tg 4.7).

Finados: Dia em que história lembra os falecidos, uma data bonita, ligada ao dia de todos os santos (1/11) – não sem pecado, mas santificados pelo sangue de Jesus. Deus nos fez corpo e alma, que se separam com a morte (Ec 12.7) até a ressurreição da carne. Morre-se pelo pecado que corrompe a humanidade Rm 6.23. A morte é única e sem possibilidade de contato ou melhora espiritual no pós-morte Hb 9.27, Lc 16.19-35; portanto, espiritismo, halloween ou invocação de santos, são práticas cobertas por esta data. Diante da morte, somos lembrados de que somos salvos pela fé em Jesus Cristo para a vida eterna. Essa fé nos dá os céus e sentido para nossa vida. Jesus, nosso Salvador é a ressurreição e a vida. Jo 11.25 1 Coríntios 15.

Cuidando no conjugar as festividades destes tempos, tenhamos abençoada semana.

Pr José Daniel Steimetz

Comments are closed.