Jesus Ressuscitou. E daí?

Toda vez que minha mãe chamava a gente para fazer devoção lá em casa era uma briga. “Mas mãe, a gente já fez devoção ontem. Por que tem que fazer devoção todo dia”? Creio eu que, quem é pai hoje, ou quem cresceu em um lar cristão, consegue se identificar com essa situação.

A resposta que minha mãe dava era sempre a mesma e confesso que ficou gravada na minha memória. (Pais e mães, vejam só a importância de Provérbios 22.6). Na verdade, minha mãe respondia com outra pergunta: “Vocês também não comeram ontem? Por que é vocês têm que comer todo dia”?

A Páscoa desse ano me fez pensar sobre essa resposta da minha mãe. Todo ano tem Páscoa. Todo ano contamos a história da morte e ressurreição de Jesus aos nossos filhos. E daí?

E daí que: Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados. Porque, assim como por meio de um homem veio a morte, assim também por meio de um homem veio a ressurreição. Assim como, por estarem unidos com Adão, todos morrem, assim também, por estarem unidos com Cristo, todos ressuscitarão. Porém cada um será ressuscitado na sua vez: Cristo, o primeiro de todos; depois os que são de Cristo, quando ele vier (1Co 15.20-23).

Na nossa devoção familiar diária, nós sempre fazíamos oração e na oração pedíamos perdão pelos nossos pecados. A primeira tese de Lutero falava sobre isso: “Dizendo nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo: — Arrependam-se dos seus pecados … (Mt 4.17) certamente quer que toda a vida dos seus crentes na terra seja contínuo arrependimento”.

Nessa tese, Lutero diz “toda a vida”, ou seja, não uma vez por ano, não só na Páscoa, ou uma vez por semana, mas todos os dias. Jesus ressuscitou para nos dar essa nova vida, é o que ganhamos quando fomos batizados. Parafraseando outro pensamento de Lutero sobre o seu próprio batismo: “Pensei que o velho homem tinha morrido nas águas do batismo, mas descobri que o infeliz sabia nadar. Agora tenho que matá-lo todos os dias”.

Assim como precisamos de arroz e feijão para o nosso corpo, nossa fé precisa da Palavra de Deus que nos diz que Cristo ressuscitou e: se Cristo não foi ressuscitado, a fé que vocês têm é uma ilusão, e vocês continuam perdidos nos seus pecados. (1Co 15.17)

Jesus ressuscitou. E daí? E daí que, para o ser humano, essa boa nova é a mais importante para as nossas vidas. Deus permita possamos ouvi-la todos os dias das nossas novas vidas: Porque eu vivo, vocês também viverão. (João 14.19)

Otto Neitzel