Bendito o que vem em nome do Senhor

Porto Alegre, apesar das lágrimas, está de aniversário. Que bom podermos celebrar esse momento da cidade que nos acolheu, sustenta, permite a muitos constituir família, crescer, bem viver, e, porque não dizer, morrer nela.

Porto Alegre é arborizada. Apesar das constantes discussões sobre podas, ora tardias, ora precipitadas. Tem um belo lago chamado Guaíba que, pela graça de Deus, nos presenteia com um dos mais belos pôr do sol do planeta. Autoestima é importante! Apesar de no Guaíba desaguarem águas como as do Arroio Dilúvio, que poluem tristemente. Assim é a vida! Cheia de positivos e negativos. De alegrias e tristezas. De bênçãos e maldições.

Mas além do aniversário de Porto Alegre adentramos na Semana Santa. Uma semana também cheia de contrastes onde, no Domingo de Ramos, se ouve: “Bendito aquele que vem em nome do Senhor”. E na Sexta-Feira: “Crucifica-o!” Num dos dias da Semana Santa vemos Jesus ir ao Templo, mas ao invés de orar, precisa purificá-lo, pois havia deixado de ser “Casa de Oração”. Triste, não é mesmo?! Nosso Salvador, ao ser questionado quanto aos mandamentos mais importantes, afirma que o resumo deles é o amor a Deus e ao próximo. Amor que não lhe foi dedicado naquela Sexta-Feira Santa, nem enquanto ser divino, nem enquanto ser humano. Quanta injustiça?! Uma semana por um lado vazia de empatia e amor, e por outro, marcada por um amor jamais visto, quando Jesus entrega sua vida pela humanidade. Por mim e por ti. E ainda diz: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem. “

E agora, diante de tantos contrastes, celebrar ou não o aniversário de Porto Alegre e a Semana Santa? Sim! Celebremos, sim! Sejamos gratos, sim! Oremos pela Cidade e na Semana Santa, sim! Vale a pena sim! E corrigir rumos? Quanto à cidade? Sim! Quanto aos nossos pecados que levaram o Salvador até a Cruz? Sim! E quanto ao desfecho daquela Sexta-Feira Santa em relação a morte de Jesus na Cruz? NÃO. Não?

Não! Pois se podemos celebrar as bênçãos de Deus sobre nossa cidade, se podemos celebrar a Semana Santa, é justamente por causa daquela Sexta-Feira Santa, quando do alto da Cruz, Jesus diz, por mim, por ti e por Porto Alegre, Brasil e Mundo: “Está consumado”. Há Salvação. E está aí para todo aquele que crê naquele que veio em nome do Senhor e foi pendurado no madeiro. Ofertando o maior gesto de amor já realizado pela humanidade, por amor. Quem ler e crer, vai entender. Amém.

Parabéns, Porto Alegre. Abençoada Semana Santa. Que seja fonte de conforto, consolo e renovação a todos que hoje se entristecem pelos sofrimentos entre nós.

Obs.: Os textos bíblicos citados podem ser encontrados nos capítulos 14 e 15 de Marcos e no final dos demais Evangelhos.

Pr José Daniel Steimetz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0