Um tempinho com o Mestre

O Evangelho é o de Mateus. O Capítulo é o cinco. E o destaque é o Sermão do Monte. Foi um grande sermão. E um sermão grande também. Vai até o capítulo sete. Jesus falou para os discípulos e uma multidão que o seguia. Foram muitos ensinamentos. Deles, seleciono três que acho bem  relevantes.

O primeiro é que Jesus vê as multidões (5.1). Num mundo massificado onde se é apenas mais um perdido na multidão, tenhamos calma. O mestre vê as multidões. Pára. Dá atenção a elas. Vê que em muitos momentos são(ou somos) como ovelhas sem pastor (Mateus 9.36). Sim, ele se importa com seu povo. Deseja dar-lhes atenção. E dá! Dedica tempo para elas e para cada um individualmente. Ensina e orienta. E continuará a fazê-lo até o fim dos tempos. Afinal, prometeu estar com os seus até o fim dos tempos (Mateus 28.20). Saber e crer nisso é muito bom.  “Desmassifica” o amor de Deus. E o individualiza a cada um que crê no seu amor incondicional (João 3.16).

O segundo ensino é que os seus discípulos puderam usufruir desse tempo que o Mestre lhes dedicou. Sem pressa. Sem medo. Eles puderam sentar-se aos seus pés e ouvi-lo. Aprender com Ele. Sentir a sua compaixão e compreensão para com cada um em meio as suas angústias diárias. Ninguém foi impedido de ouvi-lo. Nem obrigado. Jesus esteve e está a disposição de todo aquele que Dele precisa. E haverá quem não precise? Creio que não. Eu preciso. E sei que ele se compadece de mim.

O terceiro é que os discípulos e aquela multidão pararam para ouvir Jesus. Certamente tinham muitas coisas a fazer. Mesmo sem “smartfones” com “whats” e “Face”, sem “tablets” e equipamentos que atualmente nos mantém alertas e conectados o tempo todo, seus compromissos ditavam as regras para sua sobrevivência e suprimento das suas necessidades. Mesmo assim eles se sentaram aos pés do Mestre. E aprenderam. E foram consolados. E orientados a colocar suas vidas nas mãos do Criador que fez tudo, as flores, os pássaros… E ouviram de como o Criador se importa com toda sua criação (Mateus 6.24-34). E tanto mais se importará com seus discípulos, conosco, seus filhos. E, isso, ainda hoje.

Nosso criador está sempre com tempo para nos ouvir e orientar. Com Jesus Ele veio a este mundo para não deixar dúvidas quanto ao seu propósito de nos ter com ele. Que tal, deixar a correria de lado, sentar um pouco aos seus pés(palavra, sacramento, culto, devoções) e receber seu ensino e cuidado? Certamente trará calma aos corações com sua palavra de providência, esperança, paz, perdão e amor. Sente-se aos pés Dele. Ouça, leia o Sermão do Monte. E tenha um tempinho com o Mestre.

Abençoada semana e férias a todos.

Pr José Daniel Steimetz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0