O Pastor Natã

2 Sm 11…14 Na manhã seguinte, Davi escreveu uma carta a Joabe e a mandou por Urias. 15 Davi escreveu o seguinte: “Ponha Urias na linha de frente,… Depois se retire e deixe que ele seja morto.”… 23 O mensageiro disse assim: — Os inimigos eram mais fortes do que nós e saíram para fora da cidade para lutar… Mas nós os forçamos a voltar para o portão da cidade. 24 Então eles atiraram flechas do alto da muralha contra nós,…. E o seu oficial Urias também morreu. 26 Bate-Seba soube que o marido tinha morrido e chorou por ele.  27 Depois que passou o tempo de luto, Davi mandou trazê-la para o palácio. Ela se tornou sua esposa e lhe deu um filho. Mas o Senhor não gostou do que Davi tinha feito. 2 Sm 12 7 Então Natã disse a Davi: — Esse homem é você. … 12Você pecou escondido, em segredo, mas eu farei com que isso aconteça em plena luz ….” 13 Então Davi disse: — Eu pequei contra Deus, o Senhor.  Natã respondeu: — O Senhor perdoou o seu pecado; você não morrerá.   2 Sm 11 e 12 sel. de versículos. Para melhor compreensão Leia na integra 2 Samuel 11 e 122}4}

 

Nessa semana foi o Dia do Pastor. E o grande pastor Natã, do Antigo Testamento, nos ensina muito quanto ao conteúdo e forma do trabalho pastoral. E o faz, orientado por Deus, com nada mais nada menos que com Davi, o escritor do Salmo 23, o Salmo do Bom Pastor. Seu ensino vale também para nós, pastores e rebanho, no contexto brasileiro do famoso “jeitinho”.

Infelizmente somos conhecidos assim, como o país do “jeitinho”. Sempre tem um “jeitinho”, uma “carta na manga”, um plano B. E isso não quanto a formas de se fazer o bem e o correto, mas para o mal, para o engano, para se levar vantagem em tudo. Isso está escancarado nos escândalos que acompanhamos.

O jeitinho não é invenção ou privilégio brasileiro. Davi e outros tantos, já usaram dessa tática para se “dar bem”. Com jeitinho Davi se livrou de Urias, seu general, matando o em combate. Ficou com a sua mulher. Teve um filho com ela. O rei usou mal a sua autoridade mandando Urias a frente de batalha para que morresse em combate. Mas com Deus não tem “jeitinho”. Deus manda Natã desmascarar o pecado de Davi. Com Deus não tem “jeitinho”. Ele sabia que Davi havia matado Urias. E que carregava agora sobre si um crime de morte. Davi pecou e feio.

Mas Deus não quer a condenação eterna de ninguém, nem de Davi. Por isso Natã atua de forma pastoral. Denuncia o seu pecado. Tira-lhe a mascará. E pela morte do seu filho ilegítimo lembra a Davi, e a nós, que o salário do pecado é a morte E por vezes, violenta. 2 Sm 12.10

Natã não acobertou o pecado, apesar tratar com o Rei. Somos pastores. Também não podemos cair nesta armadilha. Nossas pregações não podem distrair os ouvintes com outras questões que não denunciam o pecado, porque ele leva à morte. E não falo aqui de morte fisicamente cruel, mas espiritualmente horrenda: a condenação eterna, ao inferno.

Deus não quer isso. Por isso Denuncia claramente o PECADO. E nos ensina isso com o Pastor Natã que denunciou o pecado de Davi. E ele se arrepende. E por isso, também anunciou o PERDÃO de Deus.  Quem dera a cada sermão Deus seja misericordioso conosco, pastores, e nos faça falar para você e fazê-lo lembrar dos seus pecados para que como Davi, você se arrependa. E como Davi, você se receba o perdão de Deus e viva.

Sabe aquela frase que se ouve, as vezes, até em tom triste: “hoje o pastor falou para mim”. Pois é, que Deus permita sim, sempre falarmos para você mostrando a dura realidade do pecado e das consequências do mesmo. Não é para o mal. E permita que de forma ainda mais clara, corajosa e amorosa anunciemos que por causa do teu pecado uma morte violenta realmente aconteceu. Foi a do descendente de Davi, como profetizado. Foi a morte do próprio Filho de Deus, Jesus Cristo. Ele morreu para dar um JEITO no teu pecado. Não o encobrindo, mas perdoando-o com sua morte na cruz. Lá na Cruz Jesus pagou todos os teus pecados. E nenhuma acusação há para ti que se arrepende e crê nessa boa notícia, nesse Evangelho, tema que nós pastores temos por missão e privilégio viver e anunciar. Agradeça a Deus quando o fizermos para teu consolo. E peça isso a Deus em nosso favor. Amém.

Abençoada Semana.

Pr José Daniel Steimetz