PRIMEIRO AO SENHOR

Primeiro ao SenhorPorto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, está em festa. Bienal e Feira do Livro movimentam a cidade. Duas coisas muito bacanas em nossa cidade. Você já foi a uma festa dessas? Festejar é bom. Pena que algumas festas correm o risco de passar desapercebidas, inclusive as da/na Igreja. Por exemplo, é passível de aposta, que ainda tenhamos irmãos que não sabem quantos anos a Comunidade da Cruz, a nossa Comunidade está fazendo. E mais pessoas ainda, que não sabem que a AELCA esteve de aniversário e completou 45 anos de serviços sociais e espirituais prestados a comunidade da Vila Jardim. Você sabia destes acontecimentos? Ou só da Feira do Livro? Ou só da Bienal?

Saber é ingrediente primordial para o comprometimento. Por isso o cristão é mais comprometido com sua fé na medida em que Deus trabalha em seu coração pela Palavra e Sacramento. Mas, se o cristão abrir mão da Palavra e Sacramentos, qual conhecimento e crescimento espiritual que terá?

Sua situação será como uma Bienal sem ser visitada; ou, como a Feira do Livro sem os livros e leitores. Será vazia. E a festa, bem, não terá significado algum. Afinal para que festa se não há quem festeje?

Alegrei-me quando me disseram: vamos a casa do Senhor, diz o Salmista (Sl 122.1). Culto pode ser considerado uma festa. Festa do amor de Deus. Este é o motivo da alegria cristã. No culto há perdão, vida e salvação, tanto na Palavra quanto no Sacramento. No culto Deus está. A Palavra de Deus está. Os sacramentos estão. E você, participando, recebe tudo isso. Que belo motivo para festejar!

Fica o convite. Participe! Em dezembro a Comunidade da Cruz completa 80 anos. A festa será melhor ainda com a sua presença. Ah! O tema do mês de novembro é oferta. Então, porque não tratei dela? Porque se cada um der-se primeiro ao Senhor(2 Coríntios 8.5), participando da festa, a oferta será uma consequência.

Abençoada semana.

Pr José Daniel Steimetz