Pessoas Comuns – Mensagem Extraordinária

O estado de saúde de Nelson Mandela não é nada bom. Mandela foi um homem que dedicou sua vida em favor da paz. Um ser humano extraordinário, um exemplo a ser seguido. Durante toda sua vida, ele carregou consigo a mensagem da paz. Por seu trabalho pelo fim pacífico do regime do apartheid, Nelson Mandela recebeu o prêmio Nobel da Paz de 1993. Mandela realmente é uma pessoa fora do comum.
Jesus enviou 72 mensageiros a diferentes cidades e vilarejos com a seguinte mensagem: Quando entrarem numa casa, façam primeiro esta saudação: “Que a paz esteja nesta casa!”… Curem os doentes daquela cidade e digam ao povo dali: “O Reino de Deus chegou até vocês.” (João 10.5,9)

A diferença entre o primeiro parágrafo e o segundo parágrafo se resume no título desta devoção. No primeiro, temos um homem fora do comum, mundialmente conhecido, levando, quem sabe, a mensagem mais comum e mais desejada de todas – nem por isso a menos importante. Já no segundo parágrafo, temos 72 homens simples, que nem mesmo sandálias tinham, espalhando a mensagem mais extraordinária de todas e, possivelmente, a mais rejeitada também.

A paz que estes 72 anunciavam tem a ver com a chegada do Reino de Deus para perto das pessoas. É uma mensagem urgente e Deus usa meros humanos, pessoas com fraquezas e medos, para levar a mensagem da verdadeira paz que só tem aquele que pertence ao seu reino.

Ao contrário daquilo que nós muitas vezes queremos, o Reino de Deus não vem a nós com “Pompa e Circunstância”. Deus usa pessoas comuns para proclamar sua mensagem extraordinária. A palavra falada parece ser uma coisa tão comum, mas se essa palavra tem fundamento nas Sagradas Escrituras, ela é o meio pelo qual Deus traz seu reino e a verdadeira paz para bem pertinho de nós.

Otto Neitzel