Mortos Vivos

Há duas semanas, meu irmão organizou o Zombie Walk (Caminhada dos Zumbis) de Montreal, Canadá. Ele foi atrás de patrocinadores, divulgação pela internet, propaganda, segurança… Tudo isso para promover uma caminhada de “zumbis” pelo centro da cidade. Algumas centenas de pessoas pintadas de sangue, com feridas a mostra e roupas rasgadas participaram grunhindo, gemendo, gritando e caminhando como verdadeiros mortos vivos. Que divertido, né?

Isso me fez pensar sobre os verdadeiros zumbis que estão por aí. Um zumbi é aquele que está morto e não sabe. Geralmente, o zumbi anda perambulando pelo mundo sem emoção, sem alma, sem espírito e seu único propósito é procurar um vivo para morder até um dia, quem sabe, morrer de vez.

O apóstolo escreve: De fato, todos nós éramos como eles e vivíamos de acordo com a nossa natureza humana, fazendo o que o nosso corpo e a nossa mente queriam. Assim, porque somos seres humanos como os outros, nós também estávamos destinados a sofrer o castigo de Deus. Mas a misericórdia de Deus é muito grande, e o seu amor por nós é tanto, que, quando estávamos espiritualmente mortos por causa da nossa desobediência, ele nos trouxe para a vida que temos em união com Cristo. Pela graça de Deus vocês são salvos. (Efésios 2.3-5)

No feriado desta semana, nós nos lembramos dos entes queridos que partiram antes de nós. Nos planos de Deus não há lugar para zumbis, mas sim pessoas ressuscitadas. Jesus não ficou perambulando por aí sem propósito depois que ressuscitou, nem teve que “viver outra vida” ou “morrer outra morte”, mas se mostrou glorioso, vitorioso sobre a morte. A verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os que estão mortos também serão ressuscitados. (1 Coríntios 15.20)

Por isso nós hoje também não perambulamos por aí sem propósito como os mortos vivos fazem, mas caminhamos rumo à vida eterna. Com nossos dons, tempo e ofertas organizamos e patrocinamos a Caminhada dos Ressuscitados (Resurrected Walk). Buscamos pessoas que caminhem junto conosco e conferimos na Bíblia o caminho certo. Não somos zumbis, mas sim “mortos vivos” – mortos para o pecado – vivos para a Nova Vida em Cristo.

Pois, quando vocês foram batizados, foram sepultados com Cristo; e no batismo também foram ressuscitados com ele por meio da fé que vocês têm no grande poder de Deus, o mesmo Deus que ressuscitou Cristo. (Colossenses 2.12)

Assim também vocês devem se considerar mortos para o pecado; mas, por estarem unidos com Cristo Jesus, devem se considerar vivos para Deus. (Romanos 6.11)

Otto Neitzel

Deixe um comentário