(Re)ação de Graças!

Na última quinta-feira, 25/11, foi lembrado o Dia de Ação de Graças. A tradição de lembrar e celebrar esta data ainda é recente no Brasil em comparação a outros países. Ano após ano as famílias têm se dedicado a reservar essa data para promover um encontro em família, saborear uma refeição especial e fazer uma lista de agradecimentos. Em resumo, ação de graças tem a ver com isso: uma ação, um movimento ou atitude, que reconhece um feito importante.

Certamente poderíamos completar muitas linhas com tudo o que temos por agradecer. Podemos lembrar das coisas mais simples do cotidiano, como o fato de recebermos de Deus cada novo dia para viver, as oportunidades de trabalho e estudo, a família na qual fomos criados ou acolhidos etc. Ao mesmo tempo temos motivos para agradecer pelo extraordinário, situações em que fomos surpreendidos pela generosidade divina. Tudo isso é válido e muito bom, mas ação de graças é muito mais.

O que refletimos há pouco mostra uma ação de nossa parte, que louva e agradece a Deus por tudo o que ele tem feito, ação que, na verdade, está mais para uma “reação”. Isso porque numa perspectiva maior, quando olhamos para Cristo, vemos a verdadeira e perfeita ação de graças.

A ação de Deus em entregar-se na pessoa de seu Filho, Jesus Cristo, é uma expressão do amor de Deus. Graças à morte e ressurreição de Cristo é que somos reconciliados com Deus Pai; somos resgatados do poder do Diabo, do mundo e da pecaminosidade de nossa carne; somos salvos da condenação e morte eternas; somos perdoados e purificados dos pecados que nos afastaram e afastam de Deus.

O mais especial nisso tudo é que Deus não exige nenhuma contrapartida de nossa parte. Não somos amados pelo que somos e fazemos, mas somos amados porque Deus é amor. Amor o qual não merecemos, amor que se entrega total e incondicionalmente e que, por isso, se chama de graça. Amor que nos move e impulsiona a amar, ação de graça que nos move a louvar e agradecer com uma humilde, sincera e pequena reação de graças.

Fernando Behling