Celebrando com a mesma fé

“E felizes são aqueles que não abandonam sua fé em mim!”

  Mateus 11.6

E felizes são aqueles que não abandonam sua fé em mim!” Assim Jesus termina sua resposta aos seguidores enviados por João Batista para se certificar a respeito de quem era Jesus. E dessas palavras tiramos lições para a vida toda. E particularmente para a nossa vida congregacional. Especialmente quando celebramos mais um aniversário de nossa Comunidade da Cruz. Essa comemoração só tem sentido se somos de fato felizes por não tê-la abandonado no decorrer de mais este ano.

Se felizes são os que não abandonaram, os que ficaram pelo caminho são infelizes, mesmo que exteriormente aparentem o contrário. Afinal, deixando a vida em Comunidade em segundo ou último plano, a procura por Jesus fica para trás. E tanto faz se Ele é ou não o que iria chegar. Isso é de cortar o coração. Isso não é viver plenamente a vida porque a fé em Jesus foi deixada de lado. E, nas palavras de Paulo Paixão, sobre a tragédia com a Chapecoense, onde perdeu seu segundo filho ele diz: “a pessoa que não vive a vida plenamente, não sabe, mas já está morta”. E assim é com quem vive longe da vida de fé em comunidade, não se dá conta, mas está morta, ou moribunda, ao menos na fé. E isso é motivo de tristeza para ela própria e para toda a Comunidade. Pois o próprio Deus, e por consequência seus filhos, não desejam que nenhum se perca.

A celebração de mais um aniversário é oportunidade de recomeço. Talvez de “ressurreição” na fé pelo reencontro com Cristo. No culto temos a Palavra e a oportunidade de perguntarmos quantas vezes sentirmos vontade: É você o Cristo que havia de vir? E Dele ouvir a resposta que tanto almejamos: “de que surdos ouvem, cegos veem, coxos andam”. Sim, surdos para a vida de fé passam a ouvir Deus lhes falar ao coração; cegos passam a enxergar com os olhos da fé, e aleijados e/ou alijados da vida de fé voltam a andar plenamente com Cristo, seu Salvador. São tocados por Ele com a palavra, com a Santa Ceia e o Batismo, com o perdão e a vida celebrada junto em oração e louvor na Comunidade.

Sim, como membros da Comunidade Evangélica Luterana da Cruz, que completa mais um ano de existência em fidelidade e fé. Somos felizes porque permanecemos na fé. E desejamos a acolher a todos que de uma forma ou outra vierem perguntar sobre se Jesus é o nosso Salvador. Sim, será a nossa resposta. E tornaremos a caminhar juntos na mesma fé até o dia que o nosso Senhor e Salvador Jesus vier nos chamar dizendo: “Vinde, benditos a casa de meu pai”. Amém

Abençoada semana de Aniversário querida Comunidade Evangélica Luterana da Cruz.

Pr José Daniel Steimetz