As Filas

Por vivermos num mundo de mercado, com oferta e procura, custo e benefício, convivemos com múltiplas filas.  Vemos-nos em filas nos bancos, teatros, trânsito, cartórios, padarias, açougues, supermercados.  Até para encontrar alguém que queira comprar o que precisamos vender, ou comprar um carro com isenção de IPI.

Aqui no hospital, enfrentei fila para atendimento, consulta, exames, avaliações, definição das condutas, procedimentos e obtenção de leito.  E, quando na fila para a cirurgia… esta ficou de segunda para quinta-feira… Fila de banheiro, fila de reconsulta e não sei quantas vem pela frente…  (sem contar a sala de triagem com espaço para 25 pacientes aguardando leito e abarrotada com 143 urgências espalhadas em cadeiras, macas e camas).

São poucos os que não enfrentam e sofrem com filas…

Nas catástrofes, filas de indigentes e desabrigados, filas para lonas e colchões, para empréstimos, perícias, reavaliações.  Até para “prova de vida”.

Jovens e menos jovens aprovados em concurso, enfrentando filas para serem confirmados nas posições que já lhes pertencem de direito. Filas para se habilitar.  Filas para ter seus direitos reconhecidos.

Agora, deitado no leito e aguardando a cirurgia, tomo conhecimento de um enorme e imerecido número de amigos que manifestam estar intercedendo por minha recuperação…  Como se fosse uma fila enorme de pedidos e pedintes…

Então,

  • recordando as misericórdias do Pai que (ainda que uma mãe se esquecesse de seu filho, eu não me esquecerei de ti)  tem nossos nomes gravados nas palmas de suas mãos,
  • relendo as promessas que se cumprem a seu tempo, a seu modo e conforme sua bondade,
  • revendo o quanto temos pecado contra seus mandamentos e sido perdoados pelo sangue salvador de seu filho, entregue por nós,
  • e pedindo que ele santifique nossas vidas e faça de nós exemplo de resignação, fé e coragem quando no vale da sombra da morte,

… eis que percebo algumas coisas:

  1. não temos por que enfrentar fila para pedir ao Pai nem por alguma graça especial.  Não dormita nem dorme o guarda de Israel.  As petições dos filhos de Deus podem ser dirigidas ao trono da graça de Deus a qualquer hora.
  2. as misericórdias dele é que fazem fila para serem percebidas por nós.  Renovam-se cada manhã e nos cercando por trás e por diante.  Onde abundou o pecado, superabundou a graça daquele que não nos deixa sós.  É dele a promessa: tem bom ânimo, eu te remi, chamei-te pelo teu nome, tu és meu.
  3. O tempo em que ficamos prostrados no leito e na doença nos permite fazermos uma fila com intercessões em favor de nossos familiares, amigos, irmãos na fé, companheiros doentes e fragilizados, em favor das pessoas de nossa rua, bairro, cidade, governo.  Todos são amados por Deus e nos cabe sustentá-los com nossas preces.

Em última análise, as misericórdias de Deus fazem fila para nos atingir, animar e fortalecer.

Obrigado, Senhor Jesus.

Martinho Krebs

Deixe um comentário