Epifania, tempo de manifestação de Deus para o mundo ou para mim?

Jesus respondeu: — Vamos aos povoados que ficam perto daqui, para que eu possa anunciar o evangelho ali também, pois foi para isso que eu vim. Mc 1.38.

O tempo de Natal é seguido deste tempo de Epifania que estamos vivendo. Nele a temática é a manifestação do Filho de Deus ao mundo carente de sentido, amor e esperança. E seu propósito de fazer chegar a todos os corações a boa notícia (Mc 1.38) de que o Pai Celeste enviou seu Filho, Jesus Cristo, para trazer e ser o próprio evangelho. Mas fica a pergunta: quanto desta manifestação de Deus ao mundo vale também para mim e para você?

Diz a Palavra de Deus, a Bíblia, fundamento do entendimento cristão a respeito de Deus que “Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito para que todo o que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna” João 3.16.

Certamente  nos sentimos incluídos dentro deste “mundo”. Mas o Filho de Deus, Jesus Cristo, quer ser o teu e meu salvador pessoal. Quer ter uma relação de proximidade com cada um de nós.  Ele que dirigir a nós individualmente as palavras “vinde benditos a casa de meu pai, entrai na posse do reino que vos está preparado”. Estamos nos dando conta disso e tendo uma relação de proximidade com Deus?

A voz de Deus se faz ouvir na Bíblia com sua Lei que acusa nosso pecado, contra o qual lutamos constantemente. Em meio ao desespero Deus faz tocar a doce melodia do Evangelho que nos tranqüiliza ao nos mostrar Jesus, a rocha firme, que fundamenta a nossa fé, a dar a sua vida por nós. Ou seja, somos consolados pela Palavra. Ela é o instrumento que Deus usa para nos manter conectados a Ele. E nos restaurar e fazer chegar até nós o seu perdão amoroso. E este de maneira única. Afinal, quem, senão o Salvador Jesus, diria do alto da cruz para seus algozes, a todos nós pecadores: Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem. Assim Deus é:  amoroso, perdoador, salvador. Isto Deus quer ver manifesto ao mundo, como ele mesmo se propõe em Cristo no versículo acima.

Sim, a manifestação de Cristo é ao mundo é tema da Epifania. Mas acima de tudo, é  manifestação de Cristo a cada um de nós. Nesta certeza vivamos este período. E sejamos instrumentos para que esta notícia chegue ao mundo todo. Abençoada Epifania, fundamentada na Palavra. Cristo é o fundamento da Palavra. E a Palavra em Cristo, o nosso.  Amém.

Pr José Daniel Steimetz

Share and Enjoy !

0Shares
0 0

Deixe um comentário