Um Manual de Oração

12 de julho de 2019 by edgar-lemke

Aprendi com o Dr. John T. Pless, professor do Concordia Theological Seminary, Fort Wayne, Indiana, que o Catecismo Menor que Lutero elaborou em 1529, além de ser um manual de instrução para os pais ensinar os filhos nos princípios fundamentais da fé cristã, deveria ser um livro de oração para os cristãos que o próprio Lutero costumava usar.

No prefácio do Catecismo Maior (1529), escrito para orientar os pastores nas doutrinas fundamentais da fé cristã, Lutero diz: “Quanto à minha pessoa, digo o seguinte: também sou doutor e pregador e, na verdade, tão erudito e experiente quanto todos aqueles presunçosos, seguros de si. Mesmo assim, procedo como uma criança a quem se ensina o catecismo: de manhã, e sempre que tiver tempo, leio e recito, palavra por palavra, o Pai Nosso, os Dez Mandamentos, o Credo, alguns salmos etc. Preciso continuar lendo e estudando diariamente, e ainda assim não me saio como gostaria, precisando continuar sendo criança e aluno do catecismo” (Catecismo Maior, edição de 2012, p. 19).

Não foi por acaso que Lutero colocou as três primeiras partes do Catecismo nessa ordem: Mandamentos, Credo Apostólico e Pai Nosso. Lutero costumava dizer que um teólogo se faz através da oração, meditação e tentação. A oração corresponde aos Mandamentos; a meditação ao Credo e a tentação ao Pai Nosso. Lutero dizia: “Ninguém consegue entender as Escrituras sem prática e tentações”.

Você pode aceitar esse desafio: procure seu exemplar do Catecismo Menor, ou veja no Hinário Luterano, p. 104, e ore o Primeiro Mandamento: “Senhor, ajuda-me a não ter outros deuses diante de mim! Dá-me forças para eu temer e amar a ti e confiar em ti acima de todas as coisas. Amém”. Depois de orar cada um dos mandamentos, você precisará recorrer ao Credo Apostólico para ser consolado pelo perdão que Cristo lhe conquistou com seu precioso sangue e ser fortalecido com o Espírito Santo para vencer tentações. Então verá que a oração do Pai Nosso lhe coloca de volta aos Mandamentos para a boa e misericordiosa vontade de Deus ser feita através de você.

Edgar Lemke

Comments are closed.