Mesmo assim

27 de maio de 2016 by webmaster

                Se você diz que nunca mentiu, está mentindo. Se você afirma que nunca roubou, está mentindo de novo. Se você declara que nunca colocou “outras coisas” acima da adoração, está pecando (Mt 6.33). Se você nunca matou alguém, mas odeia alguém, é assassino (Jo 3.15). “Eu (Jesus), porém, vos digo que todo aquele que, sem motivo se irar contra o seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento no tribunal; e quem lhe chamar: tolo, estará sujeito ao inferno de fogo”.  (Mt 5.22) “Pois qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.” (Tg 2.10) É duro este discurso (Jo 6.60) – mesmo assim…

Sua vida pode ser um vale sombrio de falta de significado, até vazia; seu esforço para alcançar a perfeição a muito desejada, não aparece; as dúvidas que turbinam sua mente há décadas, não são respondidas; suas orações parecem evaporar-se ao sol do meio-dia. Em janeiro você promete melhorar, em fevereiro procura a humildade, em março decide, corajosamente, enfrentar o mal, em abril promete coisas boas. Na verdade, maio nunca chega e sua vida é um longo janeiro.  Queríamos ser fiéis e amargamos derrotas. Manchamos nossa coragem perdendo a luta contra a tentação. Rasgamos nossas vestes de pureza pelas tribulações incompreendidas. Mesmo assim…

Mesmo assim você é aceito. Um perdão misericordioso ao invés de um veredicto de culpa. Não precisa imitar Quasídomo, o corcunda de Notre Dame, que escondia o feio e repulsivo em sua pessoa. Você é aceito. Você tem um convite de honra ao Grande Banquete para jantar. (Mt 22.4) O pecador, o  marginalizado cobrador de impostos, a de vida duvidosa, o sem-teto, o viciado, a vitima da AIDS, seja lá o que for, jantarão com Jesus – porque foram aceitos. É assim o amor “loucura” (1Co 1.23) de Aba; jamais muda, nunca acaba, se renova todas as manhãs. “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque a sua misericórdia não tem fim, renova-se cada manhã.” (Lm 3.22)

Você é aceito mesmo que sua fé, enfraquecida pelas mentiras, pela inveja, raiva, ganância, religião de fim de semana, é apenas um pavio que fumega. Você é aceito porque Aba ama você, porque você é seu filho, sua criação, rebanho de seu pastoreio. Ele não ama o seu pecado, mas ama você. Tão somente creia que “o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado” (l Jo 1.7). Zaqueu foi amado e houve salvação naquela casa. (Lc 19.11ss) O malfeitor na cruz foi amado e lhe prometeram o paraíso  para  aquele mesmo dia. (Lc 23.39ss)

Você é aceito. “Vai e não peques mais”. (Jo 8.11)

                Guido Ruben Goerl
Pastor Emérito da IELB

Comments are closed.