Ações de Graça

23 de novembro de 2018 by jose-daniel

“Rendei graças ao Senhor porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre” Salmo 136.1

Certamente um dos destaques na semana foi o Dia de Ações de Graças. Um dia marcado na história pela superação de dificuldades, que sob as bênçãos de Deus levaram americanos a darem graças a Deus por suas bênçãos. Essa ideia bonita ultrapassou fronteiras e chegou até nós e até virou lei. Sim, celebrar Ação de Graças é Lei no Brasil.

Agradecer pela Lei até é interessante. Mas é para pôr em evidência o que agradece e não o fornecedor das bênçãos. É parecer grato, mas no fundo faz-se sem convicção. E a falta de convicção é tanta que nem a Lei que obriga gestos de gratidão é cumprida entre nós.

Em contraposição a Lei, vem o texto do Salmo 136. Uma sequência de versículos que convidam a gratidão. Não impõe a necessidade de agradecer. Nem pede gratidão por aparência. Mas justifica a possibilidade de gratidão com a melhor motivação possível: a bondade de Deus e sua misericórdia.

Diante do Deus bondoso e misericordioso somos convidados a agradecer. E se alguém duvida de que Deus é assim, olhe para a Cruz. Na cruz por ti e por mim Deus em Cristo demonstrou o quanto ama e é misericordioso conosco. Lá deu a sua maior oferta. E nela a maior bênção imerecida já concedida a alguém: seu perdão, vida e salvação. Para mim, para ti e para todo aquele que nele crer.

Então, agradeçamos. Não pela lei, mas motivados pelo amor de Deus que toca nossos corações e mentes. Assim vemos todo o seu amor que além da Cruz, também concede todo o tipo de bênçãos materiais, necessárias para a nossa vida e a vida do nosso próximo enquanto aqui vivemos. Dessa forma, Ação de Graças não é apenas reservada para um dia, embora importante. É convite a sermos sempre agradecidos. E evidenciarmos nossa gratidão com palavras e ações.

José Daniel Steimetz

Comments are closed.