O Brasil que eu quero…

14 de setembro de 2018 by otto-neitzel

O Brasil que eu quero esse eu não faço, mas justamente o Brasil que não quero fazer é o que eu faço. Pois eu sei que aquilo que é dever de bom cidadão não vive em mim, isto é, na minha natureza humana. Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de exercer minha cidadania, eu não consigo fazê-la.

Pessimismo? Leia Romanos 7. Paulo completa: Como sou infeliz!

A campanha da Rede Globo que incentiva os brasileiros a falarem sobre o país que querem para o futuro já soma mais de 6.000 vídeos. É muita gente querendo menos corrupção, mais honestidade, igualdade, segurança, saúde, educação, emprego… a mesma lista de sempre que já estamos cansados de ouvir no horário político obrigatório.

Falamos muito em exercer a cidadania nesse mês de setembro. Uns acham que isso se resume a votar a cada quatro anos no “candidato menos pior” e esperar resultados diferentes. Outros exercem essa cidadania em redes sociais curtindo e/ou comentando e/ou compartilhando postagens, fotos, “fake news” etc. Vou dar a real para esse pessoal: Podem postar para sempre e mandar mais outros 6.000 vídeos e, se só continuarem nessa, o Brasil que vocês querem… vão ficar querendo! O furo é mais em baixo, amigo!

Só podemos realmente saber o que queremos para o futuro se olharmos para o que infelizmente perdemos lá no passado. Quando digo passado, estou dizendo lá bem longe no passado (pausa): no Jardim do Éden. O Brasil que eu quero é o Jardim do Éden; Deus presente, Deus próximo, Deus protegendo, Deus alimentando, dando vida eterna, paz, alegria, liberdade…enfim, onde o pecado não habitava ainda.

Paulo diz: Mas, se faço o que não quero, já não sou eu quem faz isso, mas o pecado que vive em mim é que faz. Assim eu sei que o que acontece comigo é isto: quando quero fazer o que é bom, só consigo fazer o que é mau…. Como sou infeliz! Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte? (Romanos 7 v.20, 21, 24)

Não queria deixar aqui a devoção mais pessimista do ano, pelo contrário. O livro de Romanos e o versículo que vem logo depois, o 25, serve para nos dar novo ânimo a não apenas continuar clicando e querendo, mas a sair dos nossos mosteiros de redes sociais, a não apenas fazer vídeos esperando que os outros (os políticos) ajam e façam acontecer por nós, a fazer a mesma coisa a cada quatro anos e esperar por resultados diferentes.

Já dizia o sábio Joseph-Marie de Maistre: “Toute nation a le gouvernement qu’elle mérite” (“Toda nação tem o governo que merece”). Democracia vem de demos (povo) + kratos (poder, domínio). Logo, se temos o privilégio de habitar em uma democracia, que vivamos uma democracia. Ou será que estava errado o outro sábio que disse assim: “É o olho do dono que engorda o boi?!” O país é de quem afinal?

Que Deus seja louvado, pois ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo! (v.25)

Otto Neitzel

Comments are closed.