Semana Santa

7 de abril de 2017 by edgar-lemke

A Semana Santa é para ser a semana mais santa do ano. O que podemos fazer para ingressar nela de forma adequada? Um dia, quando Moisés se aproximou de uma chama de fogo no meio de um espinheiro, o Senhor lhe disse: “– Pare aí e tire as sandálias, pois o lugar onde você está é um lugar sagrado” (Ex 3.4).  O que Deus pediria para jogarmos fora de nossas vidas?

Vivemos dias sombrios! Sabemos o que acontece longe de nós e nos apavoramos com o que ocorre à nossa volta. Na Síria vitimas e testemunhas diretas relatam o pavor que sofreram com o ataque de gás tóxico. As imagens, porém, correm mundo e nos fazem ver o sofrimento estampado nos rostos dessas pessoas. No Brasil, 19 cidades constam entre as 50 cidades mais violentas do mundo e Porto Alegre está na conta.  Sem dúvida, a violência, as injustiças, o desamor são coisas que o mundo precisa jogar fora.

Tudo o que acontece no mundo se afunilou contra Cristo naquela semana em que foi levado ao Calvário: traição, desprezo, agressão, zombaria, morte! A Paixão e morte de Cristo, portanto, é um fato que diz respeito a cada um de nós, como profetizou Isaías: “Ele estava sendo castigado por causa das nossas maldades. Nós somos curados pelo castigo que ele sofreu” (Isaías 53.5).

A Semana da Paixão é um tempo especial para nos ocuparmos com a coisa mais importante da vida verdadeira: a graça de Deus revelada em Cristo. Olhar para o nosso mundo e constatar que fazemos parte dele nos derruba. Mas essa tomada de consciência nos leva a a necessidade de perdão. Arrependimento é isso! A gente reconhece o próprio limite, sente a consciência culpada, mas confia no perdão que Jesus Cristo providenciou.

Tirar as sandálias, no nosso caso, é tirar o peso dos pecados de nossas costas e jogar nas costas de Cristo.

Edgar Lemke

Comments are closed.